novidades
01 / 20

Financiar um investimento

Link de acesso para linha de crédito do Banco do Brasil

Acesse o link para ver mais informações : https://www.bb.com.br/pbb/pagina-inicial/empresas/produtos-e-servicos/credito/financiar-um-investimento#/

Copie e cole no navegador.
+ DETALHES
24 Jul / 18

Tarifas de Trump sobre alumínio e aço entram em vigor; Brasil fica de fora

Tarifa de 25% sobre as importações de aço nos Estados Unidos não impactará o Brasil

As tarifas de 10% e 25%, impostas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para as importações de alumínio e aço respectivamente, entraram em vigor à meia-noite, segundo informou a Casa Branca. A informação é da Agência EFE.

Trump deixou seus parceiros comerciais do Nafta – Canadá e México– fora das medidas, assim como países da União Europeia (UE), Austrália, Coreia do Sul, Brasil e Argentina.



Além das pressões exercidas pelos seus respectivos governos, Trump citou diferentes motivos para isentar esses países, seus maiores aliados no mundo, das novas cargas tarifárias.

Uma das razões que deu Trump para isentar a Argentina das tarifas foi seu apoio à política de segurança de Washington na América Latina e, mais concretamente, à estratégia diante da “ameaça” da Venezuela.

A China será a economia mais afetada pelas novas tarifas.

Além do aço e o alumínio, Trump anunciou ontem um plano para registrar US$ 60 bilhões em tarifas para cerca de 1,3 mil produtos provenientes da China e também planeja estabelecer restrições aos investimentos promovidos por Pequim.

A China, por sua vez, ameaçou impor tarifas aos EUA de cerca de US$ 3 bilhões, em resposta.

Fonte: https://www.industriahoje.com.br/tarifas-de-trump-sobre-aluminio-e-aco-entram-em-vigor-brasil-fica-de-fora
+ DETALHES
24 Jul / 18

Produção industrial deve avançar 15,1% em junho, segundo Ipea

Desempenho positivo deve suceder queda de 10,9% registrada em maio, devido à greve dos caminhoneiros

Após o tombo registrado em maio em consequência da greve de caminhoneiros, a indústria deve ter um avanço de dois dígitos em junho, segundo o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada). O Indicador Ipea Mensal de Produção Industrial prevê um crescimento de 15,1% na passagem de maio para junho.

O indicador busca antecipar o resultado da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF), apurada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O desempenho positivo projetado pelo Grupo de Conjuntura do instituto sucederia uma queda de 10,9% registrada pela indústria no mês anterior. O resultado oficial será divulgado pelo IBGE no próximo dia 2 de agosto.

Na comparação com junho de 2017, o indicador de produção industrial prevê crescimento de 6,9%. No segundo trimestre, o Ipea estima um recuo de 2% frente ao trimestre anterior. Em relação ao segundo trimestre de 2017, a expectativa é de elevação de 2,8% no segundo trimestre deste ano.

Fonte: https://veja.abril.com.br/economia/producao-industrial-deve-avancar-151-em-junho-segundo-ipea/
+ DETALHES